Porque você deveria escrever para as pessoas

By Larissa Bueno - janeiro 13, 2020




Sou um pouco suspeita de falar sobre isso. Mas alguém precisa te falar, e bom, hoje é minha vez de compartilhar com vocês sobre esse simples gesto que vai transformar a sua vida. Como falei no primeiro post sobre cartas, se você ainda não leu, clique aqui para ler, desde sempre tenho o hábito de escrever para as pessoas que amo e isso definitivamente mudou a minha vida.

Antes de qualquer coisa: escrever cartas para alguém não é algo brega ou coisa do passado. Algum tempo atrás era mais comum de ouvir isso, mas os tempos mudam, e voltam também, graças aos amantes de letras, que não deixaram se abalar por essas palavras negativas e posso afirmar com toda a certeza essa é a coisa mais encantadora de se fazer e demonstrar amor para com quem você ama.

Escrever cartas não se limita apenas a cartas de romance, afinal quem ditou essa ''regra?", não, vai muito além. Sua mãe, seu pai, seus avós, irmãos, tios, tias, primos e primas, como também amigos podem receber cartas suas. Acredito que todas as pessoas do mundo deveriam pelo menos uma vez em suas vidas receber uma carta de alguém especial demonstrando amor, cuidado, saudade, importancia. As cartas não precisam ser exclusivas até uma certa idade, deveriam ser constantes em toda nossa vida. O correios, sempre entrega todos os dias milhares de cartas, mas mesmo que eu não saiba o conteúdo de todas elas, dificilmente a maioria é uma carta nesse estilo que estou falando. As mais populares são com toda a certeza são as chamadas: correspondências oficiais e comerciais. Raramente são trocadas cartas pessoais assim pelo correio, e não deveria ser assim.

Tirar um tempinho do seu dia, pegar um papel e uma caneta, ou quem sabe ainda, abrir o email para escrever uma carta para alguém não só faz os olhos de quem lê brilharem como também te faz colocar mais ênfase naquilo que você sente, fazendo com que o coração palpite um pouquinho mais forte a medida que as linhas são preenchidas. E o mais incrível de escrever é que você, por mais que tente, não consegue escrever sobre algo que não sabe ou sente, você só consegue desenvolver com facilidade quando aquilo que vai ser escrito é uma verdade e realidade em si mesma (o).

Quando se escreve uma carta, a gente não espera receber outra carta em troca. Simplesmente escrevemos, com todo nosso amor e carinho, para que a pessoa se sinta amada, e não para que ela também escreva uma carta para nós de ''agradecimento", porque parece uma obrigação, e na verdade não deve ser, elas precisam ir e vir de forma espontânea.

Escrever para alguém também preenche a dose diária da linguagem do amor: Palavras de afirmação. Por mais simples que sejam as suas palavras, com toda certeza, o que vai saltar os olhos serão os sentimentos expressados através delas.

Sua mãe, seu pai, seus avós, irmãos, tios, tias, primos e primas, como também amigos podem receber cartas suas. Talvez nenhum deles recebeu uma carta como essa em toda a vida deles, depois de ler esse texto, quem sabe não seja legal começar a colocar em prática a escrita. Dizem por aí que a gente fica bom naquilo que praticamos com frequência. Escreva sua primeira carta hoje e te garanto, não vai querer parar nunca mais.

Se você gostou desse post e ele te ajudou de certa forma, me conte aqui nos comentários que vou adorar saber! Ah, e se quiser ficar mais pertinho de tudo o que acontece aqui no blog, me acompanhe no Instagram (@larissabuenoc), onde sempre compartilho com vocês as atualizações dos posts, interajo com vocês e recebo também sugestões de posts para escrever por aqui.

Compartilhe com quem você gosta! 
Com carinho, Lari.


  • Share:

Você pode gostar também

0 comentários