Sobre seguir o coração

By Larissa Bueno - junho 15, 2020





Não parece ser tão difícil quanto achamos ser. Acredite. Seguir o nosso coração nem sempre é uma escolha ruim, as vezes, e na maioria das vezes, é a certeza de que estamos indo para onde realmente deveríamos ir. E eu não falo aqui sobre agir e tomar atitudes com empolgação, que na verdade pensamos estar no coração, porém está relacionada a nossa alma, aos desejos constantes da nossa carne.  Eu falo sobre, sentir uma paz tão grande dentro do seu coração mesmo que essa não seja a sua vontade, ou que não seja aquilo que sonhou a vida toda. Independente disso, a escolha certa sempre trará paz ao seu coração, mesmo que para isso as suas vontades fiquem um pouco abaladas.

Como sempre, antes de dar continuidade a esse texto, oro para que o Espirito Santo possa abrir os seus olhos e conectar o seu coração ao coração de Deus, fazendo-o bater no mesmo ritmo e lhe proporcionando uma compreensão que talvez mesmo usando todas as palavras que eu escrever, não consiga explicar tudo o que realmente gostaria e o que está gritando dentro do meu próprio coração, preciso colocar pra fora.

Lembro que ao ser aprovada na faculdade federal do meu estado, no ano seguinte do meu termino do ensino médio eu achei que estava indo no caminho certo, embora o meu coração não pulsasse nenhum pouco a mais quanto a isso. Eu estava feliz com a oportunidade de estudar, algo que eu nunca quis na minha vida e descobri que existia o curso no final do meu terceiro ano, as pessoas me elogiavam, diziam que sempre acreditaram em mim, no meu esforço como estudante, e toda aquele assunto pomposo que na verdade não fazia nem os meus olhos brilharem. Eu estava sim com expectativas, mas era uma expectativa baseada na minha alma, naquilo que as pessoas diziam que era a coisa certa a se fazer, embora eu realmente não soubesse o que fazer do futuro, nem muito menos entender o meu propósito de vida. As minhas aulas iniciariam somente no segundo semestre de 2018, então tive um bom tempo para pensar e refletir sobre aquilo. Sinceramente eu não estava entendendo nada, a minha cabeça faziam círculos e círculos de modo que eu não conseguia absolutamente entender nada dentro de mim.

Na data marcada para fazer a matricula presencial eu estava lá, sem paz dentro do meu coração, me vendo em um lugar que eu não queria estar e disposta a passar 4 anos da minha vida estudando algo só pra dizer que eu estava estudando. Com certeza eu desistiria no meio da graduação. Não aguentaria tanta pressão por algo que eu no momento não queria. A minha mente me dizia que eu estava fazendo a coisa certa, já o meu coração, parecia estar perdendo a vez dentro de mim, de tão pressionado, sem paz.
Algo completamente inesperado aconteceu: eu perdi a minha vaga por falta de vagas para tantos alunos, confesso que fiquei triste, mas percebi algo que em todos aqueles meses não estava sentindo: paz dentro de mim.

O final dessa história basicamente foi que eu não entrei em nenhuma faculdade. Não havia paz no meu coração para isso. Porque bem sabemos que quando não é o nosso sonho, quando não é a nossa vontade a gente acaba não querendo tentar algo que não faz sentido para nós naquele momento. Você não é todo mundo, não precisamos viver as mesmas coisas na mesma ordem que as pessoas dizem ser as certas. Mesmo que as coisas sejam difíceis, que o caminho seja dolorido e cheio de espinhos quando estamos percorrendo um caminho que faz o nosso coração acelerar ao ritmo dos nossos passos a gente luta, persistimos, e mesmo em meio a tantas coisas nos alegramos, porque o nosso coração está aquecido por estarmos o seguindo. 

Não se desespere quando algo fugir do controle, quando as coisas não parecerem tão boas assim, quando não souber o que fazer, tenta ouvir o seu coração e segui-lo porque talvez essa seja a sua única chance de fazê-lo acelerar ao ritmo dos teus passos e correr para um lugar que precisa estar naquele determinado momento. Se isso te trouxer paz e não for contrário aos seus princípios, pode ser o passo certo a se dar, mas saiba que em outras vezes o seu coração pode se enganar e trazer a você algumas consequências, cabe a você identificar se isso é bom ou não, se for bom você estará mais perto do sonho, se for ruim, você pode aprender com seus erros e não repeti-los, só não cometa o erro de seguir o que as pessoas dizem que você não acredita e não sonha. Pergunte-se a si mesma agora: O caminho que você está percorrendo está fazendo o seu coração acelerar ao ritmo dos seus passos? Se sim, corra para onde o seu coração está batendo mais forte. Se não, pare e encontre o caminho de volta, pode não demorar muito mas você irá se encontrar! E eu oro para que o seu coração esteja alinhado ao coração do Pai, assim você sempre estará correndo para o lugar certo no momento certo!

Indicação:  Ebook Escolha sua vida, para descobrir como criar suas próprias regras e ser feliz sendo você mesma e fazendo aquilo que ama.

Não deixe de me seguir no Pinterest, clicando aqui, onde compartilho várias coisas interessantes sobre desenvolvimento pessoal, organização, produtividade e outros, como também se inscreva na Newsletter, logo aqui em baixo, no rodapé do blog para que você receba as notificações sempre que sair post novo aqui no blog.

Recomendo a leitura do post anterior do #Junhotododia:

Compartilhe com quem você gosta!
Com carinho, Lari.

  • Share:

Você pode gostar também

0 comentários