Como a gratidão pode mudar a sua vida

By Larissa Bueno - março 11, 2020



Lembro bem de uma ministração do Deive que assisti enquanto estava na Espanha. Era um sábado, sentei a mesa com os outros alunos para tomar o café da manhã, mas cada um já estava conversando sobre o que iria fazer durante o dia, um dia de folga para nós da escola, eu não tinha planos, não tinha nada pra fazer, então coloquei os fones no ouvido e enquanto comia o meu pão com geleia e mais outras coisas que agora não me recordo comecei a ouvir uma ministração que mudou a minha vida a partir dela.

O titulo da mensagem é o seguinte: Onda de gratidão, você pode clicar aqui depois de ler o post para assistir também. Nós temos a tendencia de não reconhecer o que as pessoas fizeram por nós para chegarmos onde chegamos, ou dizemos aquele obrigado com um sorriso amarelo, mas sem demonstrar de fato gratidão por aquilo que aconteceu, pela vida daquela pessoa, pelo momento que está vivenciando e até mesmo agradecemos no geral quando envolve muitas pessoas para não correr o risco de esquecer alguém ou por infelizmente não saber literalmente demonstrar a gratidão de forma verdadeira.

 Aquelas palavras ministradas entraram dentro de mim de uma forma tão estonteante que eu não consegui conter aquelas palavras dentro de mim sem que houvesse uma ação diante daquilo. Fui no quarto, no ultimo andar correndo para pegar um caderninho que tinha anotado todos os nomes das pessoas que eu conseguia ter contato, que me ajudaram de alguma forma a chegar na Espanha, a chegar ali naquela escola e exatamente as 10:00 horas da manhã sentei no café da igreja, os alunos começaram a se organizar para sair e eu de forma confortável fiz daquela cadeira o meu melhor conforto nos próximos minutos, que acabou se transformando em hora.

Eu disse para mim mesma que não iria mandar mensagens de texto pelo whatsapp, eu sinceramente estava fatigada de tentar escrever coisas bonitas quando ia agradecer alguém, ou vice e versa, pois não parecia ser tão pessoal, as minhas palavras iriam ficar limitadas quando chegasse na terceira mensagem. Sabe quando vamos agradecer felicitações de aniversário nas redes sociais em público? Sempre colocamos um emoji ou outro pra diferenciar porque não conseguimos agradecer todo mundo de forma diferente, basicamente usamos a mesma frase, ou duas para isso. Não queria que fosse assim, depois de ter escutado tanto sobre a onda de gratidão, eu queria realmente expressá-la com todo o meu coração.

Peguei a listinha, anotei outros nomes pois estava um pouco desatualizada, inseri nela pessoas que havia conhecido também na escola que eu tinha um motivo para ser grata por uma coisinha, por menor que fosse, que estava fazendo por mim naquele tempo. Ainda eram 5 horas da manhã no Brasil, mas eu precisava me expressar naquele momento mesmo. O primeiro áudio, confesso que não foi fácil de gravar, já me arrancou lágrimas em meio a gravação e não me importei para esconder, queria ser totalmente sincera e pessoal com cada pessoa. E assim foi o segundo, terceiro até que os meus olhos estavam completamente molhados, o rosto totalmente inchado e havia se passado uma hora e meia desde que comecei a gravar.

Algumas das meninas que ainda estavam no prédio da igreja, assim que ouviram os áudios começaram a me responder, e o amor de Jesus e o carinho dEle foi ainda mais expressado. Eu não esperava colher algo tão precioso como aquilo. Uma delas, assim que me respondeu disse o seguinte: Lari, você vai colher os frutos do que está plantando hoje. E o meu dia inteiro foi um dia em que colhi aquilo que nem esperava, eu simplesmente entreguei o meu coração em gratidão mas não esperava receber nada em troca, mas através de Jesus, as pessoas que eu enviei os áudios mais sinceros da minha vida foram constrangidos com gratidão, meu coração ficou ainda mais grato ao perceber isso.

Nesse instante entendi que não é só sobre agradecer com palavras, é sobre ter um coração grato e demonstrar a gratidão, até pelos mínimos detalhes. Algumas pessoas infelizmente não receberam o meu aúdio mas o meu coração estava grato com a mesma intensidade por cada um ter feito parte de uma forma tão singular da minha vida naqueles meses. Quando o reconhecer se torna um hábito, nos tornamos pessoas gratas consequentemente.

A onda não pode ser algo momentâneo, no mar ela se desfaz ao mesmo tempo que uma nova surge e assim é o tempo todo, da mesma forma deve ser com a gratidão, ela não deve estar presente em alguns momentos da nossa vida, quando nos sentimos realmente felizes, ou quando as coisas estão indo bem, ela também precisa ser presente sempre até quando as coisas não estiverem acontecendo como esperávamos, quando estamos passando por um momento delicado em nossas vidas, porque mesmo com todas as coisas ruins sempre há um motivo para ser grato, se você está terminando esse post com folego de vida em seus pulmões, é um grande motivo para ser grato hoje!

Não deixe de me seguir no Pinterest, clicando aqui, onde compartilho várias coisas interessantes sobre desenvolvimento pessoal, organização, vida saudável, receitas e produtividade, como também se inscreva na Newsletter, logo aqui em baixo, no rodapé do blog para que você receba as notificações sempre que sair post novo aqui no blog e faça parte dos seguidores do blog se inscrevendo logo abaixo também. Me acompanhe também no instagram que é @larissabuenoc. Tem várias coisas legais por aqui aproveite para conferir navegando pela página, é muito bom ter você aqui com a gente.

Compartilhe com quem você gosta,
Com Carinho, Lari.  

  • Share:

Você pode gostar também

0 comentários