Lições que a Mel de Virgin River nos ensina

By Larissa Bueno - junho 03, 2020



Eu diria que Virgin River é uma série da Netflix que além de romance e drama possui também um suspense/mistério fora do comum, sério mesmo, porque não é aquele suspense que trás medo junto com a curiosidade, é somente um suspense que gera muita curiosidade, tive que me aguentar para não terminá-la no mesmo dia em que comecei, na semana passada, ela com certeza ganhou o título de série favorita, mesmo que eu nunca tenha assistido outras séries antes, mas digo como uma boa leitora e futuramente escritora, que sou, que Virgin River tem uma singularidade própria que faz a gente se apaixonar pela história, que não é nem um pouco clichê.

Sem dar spoilers Virgin River conta a história de uma enfermeira e parteira bem sucedida de Los Angeles que se muda para uma cidade do interior para tentar recomeçar a vida em um novo trabalho, longe de tudo e todos. Ao longo dos episódios a história por trás dessa mudança drástica de ambiente é revelada através de flashbacks que a Melinda Monroe (Alexandra Breckinridge ) tem no decorrer dela. Logo de cara as coisas começam de mal a pior, ela não é muito bem recebida e nada lhe garante de continuar na cidade pelo período que foi contratada pela Hope ( Annette O'Toole ) prefeita da cidade para trabalhar com um médico, Vernon Mullins (Tim Matheson) quase perto de se aposentar que se recusa ter alguma ajuda de uma enfermeira. As coisas parecem se apertar, mas mesmo assim ela consegue conquistar corações, principalmente do dono do único bar da cidade, Jack (Martin Henderson).


Ainda estamos na primeira temporada, por isso ainda não quero falar sobre a série em si nesse post e sim sobre o que uma personagem, a nossa querida protagonista, que interpreta a personagem de Melinda, nos ensina no decorrer dos episódios durante essa temporada que acredito ser super válido frisar. Nunca pensei que uma personagem de uma série que acabara de conhecer iria me ensinar tanto e me ajudar a aplicar essas lições na vida real e refletir sobre a vida por esse motivo quero compartilhar com você, que já assistiu essa série, caso não tenha assistido ainda por favor assista e depois volte aqui, não vai demorar prometo, são só 10 episódios, para que também perceba na personagem algumas características que também deveríamos ter em determinadas situações das nossas vidas. 

*Alerta de pequenos spoileres
  1. Seguir em frente: uma coisa que a Mel nos ensina mais do que qualquer coisa nessa série é não desistir de algo mesmo com medo e diante de problemas. Ela precisou sim mudar para tentar uma nova vida entretanto não desistiu de sua paixão de infância que era ser enfermeira e lutar por aquilo.
  2. Separar bem os sentimentos: mesmo que ela estivesse estressada, com raiva ou triste no ambiente de trabalho ela parecia uma folha de tão leve, por mais que dentro dela estivesse um turbilhão de sentimentos, local de trabalho não era o momento ideal para chorar quando lembranças surgiam na mente, ela guardava o choro para quando realmente pudesse se expressar mantendo uma postura forte para quem não tinha tanta intimidade assim.
  3. Não aceitar o que você não merece: Logo no inicio ela deixou bem claro que aquela cabana não era ideal para ela, ainda mais pela Hope ter colocado uma foto antiga, e insistiu em sair dali no dia seguinte. Entretanto não foi só isso, quando o Doc não a deixou exercer aquilo que ela deveria exercer e quis colocar tarefas de secretária, não concordou com aquilo e se demitiu em seguida, porque afinal ela tinha estudado para ser enfermeira e aceitado o emprego para isso não iria passar por uma escala de crescimento de novo.
  4. Manter a calma nos momentos tensos: uma arma estava sendo apontada para ela e o Jack por mais que eles não tivessem nada a ver com a situação, receberam uma ameaça e antes que ele pudesse fazer um acordo ela tinha concordado com o que o cara havia dito, com toda a calma do mundo, o que deixou o Jack impressionado diante daquela situação, como também em seguida ao cuidar da perna do chefe dos produtores ilegais com a ameaça de que se ele não ficasse bem ela e o Jack seriam os culpados e com a grávida depois, mesmo correndo riscos, manteve a calma e ainda passou calma para as pessoas no mesmo instante.
  5.  Fazer o que é certo em toda a situação lembrando dos seus princípios: por mais que ela era nova na cidade, era enfermeira no consultório do Dr Vernon e ele quem dava a ultima palavra, ela insistiu em fazer a coisa certa, seguindo os protocolos que havia na medicina para o bem da criança, mesmo que era contra a vontade do médico ela ligou para o departamento de apoio ao menor pois era a melhor e correta atitude a se tomar  naquela situação lembrando de seus princípios.
  6. Não explodir com as pessoas mesmo que elas te julguem: a cidade inteira soube do ocorrido, antes mesmo de se tornar real, quando ela comentou com o Doc que deveriam ligar. A cidade por sua vez tinha o 'lema' de ajudar uns aos outros em todas as situações e quando souberam do que a Mel estava planejando fazer, mesmo que fosse para o bem da criança, dispararam a falar mal dela e mesmo assim manteve a calma, sem explodir e falar uma só palavra mal colocada para se defender, pois dentro dela ela sabia que tinha feito a coisa certa, não importava o que as pessoas dissessem.
  7. Aprender a receber ajuda das pessoas: desde o inicio da série ela demonstrou não gostar muito de receber ajuda por achar que ela mesma sabia se virar muito bem, mas teve que aprender a receber ajuda das pessoas quando menos esperava sem dar nada em troca, pois era o costume do povo, dar a mão a quem precisa.
A segunda temporada precisa chegar logo, tenho certeza que a Mel continuará nos ensinando através de sua personalidade tão peculiar. Aguardo sinceramente ansiosa, confesso que fiquei feliz por não ter me rendido as séries logo que essa lançou pois com certeza não estaria aguentando de tanta curiosidade, a boa noticia é que em breve sai a próxima temporada, espero de verdade que esse "em breve" seja muito logo. 

Espero que tenha gostado das lições que consegui observar sobre a vida da Mel dentro da série e que isso desperte algo dentro de você que te ajude a viver a vida mais leve mesmo que com tantos problemas e coisas ruins que aconteceram no passado, estando aberta a viver coisas novas e ser quem você nasceu para ser. Compartilhe comigo nos comentários algo que também notou sobre a Mel que deveríamos saber e aplicar também em nossas vidas que eu não citei na lista acima, vou adorar saber!

Não deixe de me seguir no Pinterest, clicando aqui, onde compartilho várias coisas interessantes sobre desenvolvimento pessoal, organização, produtividade e outros, como também se inscreva na Newsletter, logo aqui em baixo, no rodapé do blog para que você receba as notificações sempre que sair post novo aqui no blog.

Recomendo a leitura do post anterior da série #Junhotododia:

Compartilhe com quem você gosta!
Com carinho, Lari.

  • Share:

Você pode gostar também

0 comentários