Desapegando do passado

By Larissa Bueno - junho 12, 2020


Talvez seja a hora de se desprender do que já não faz parte mais de você. Hoje talvez seja o melhor momento para isso, não espere estar preparada suficientemente falando como imagina que estaria para esse momento, separe um tempo hoje para se desapegar do passado. As vezes é mais fácil do que você imagina, porque só você mantem isso pra si, as outras pessoas não se lembram mais e infelizmente você deixa de viver muita coisa por manter coisas dentro de você que não eram para estar ali, bem agora.

 Por muito tempo eu mantive coisas comigo que me faziam lembrar de um passado, não muito extenso, mas fazia parte da minha vida querendo ou não, e guardar coisas desse tempo não foi uma boa escolha. Talvez por achar que algum dia aquilo iria me trazer boas lembranças, ou que o passado poderia estar fisicamente presente no meu- bom não achei outra palavra- presente e até mesmo que pudesse um dia fazer parte do meu futuro, só que na verdade tudo o que aconteceu foi eu passar dias e dias me lembrando de coisas que foram momentâneas, aumentando a minha dor ao longo do tempo e satisfazendo a minha angustia dentro de mim por aquela 'perda' que na verdade faz parte da vida, pessoas entram e pessoas saem, existem poucas que realmente permanecem e elas só vão aparecer no momento certo. Pena que eu não entendia isso.

As feridas são notórias e demora até finalmente cicatrizar, não acontece de um dia para a noite, ainda mais se tiver grandes e bons momentos para recordar, elas ficarão ali de qualquer forma, em algumas áreas da sua vida você se torna mais vulnerável mas guardar consigo lembranças físicas e emocionais diariamente não vai ser bom, não vai ser justo com você mesma, você pode se machucar ainda mais enquanto pelo outro lado, ninguém nem se lembra mais ou quem sabe as lembranças que tem não são tão ruins como você que foi ferida. 


Jogue fora todas as memorias físicas. Rasgue as fotos, bilhetes e qualquer coisa que te lembre do passado. Você não vai conseguir seguir em frente com tudo isso te lembrando das coisas boas e ruins que aconteceram bem na sua 'cara'. Há alguns anos, quando terminou o meu primeiro namoro de poucos meses eu achei que nunca mais seria feliz, que aquela era a minha única chance de felicidade e julguei os homens generalizando que todos fossem daquele jeito, mesmo aparentemente desiludida de encontrar uma pessoa que realmente me amasse como Jesus me amou e que fosse do jeitinho que pedi a Deus ( depois de alguns anos eu encontrei) eu mantive coisas comigo por um bom tempo, cartas que nunca entreguei e coisas do tipo que só me faziam ficar mais desiludida ainda e mostrar ainda mais as minhas feridas para mim mesma, porque ninguém sabia. Meus pensamentos constantemente se voltavam para o passado e num futuro que poderia ter sido caso não tivesse terminado. Mas, chegou uma hora que eu tive que me desprender de tudo o que me fazia ter lembranças, aconteceu um pouco mais de um ano, mas a partir daquele momento eu comecei a enxergar coisas novas e pensar num futuro da forma que deveria ser.

Tenho algo para lhe dizer: só Deus e o tempo podem curar as feridas e trazer novamente as pequenas alegrias até as maiores para a sua vida, mas você precisa colaborar com isso. Relembrar diariamente do passado, do que ficou pra trás, das boas memórias e também das ruins que acabam surgindo por mais que você não queira, com toda a certeza do mundo: não vai te ajudar a desapegar do passado. Parece estranho, eu sei, dizer para desapegar do passado embora ele sempre vai permanecer na sua memória, mas sabe aquele baú que você provavelmente já teve quando criança, ou alguém da sua família,? Bom, no fundo dele sempre tinham coisas que as pessoas, ou você mesma, não queria lembrar ou não era tão importante assim, as melhores coisas sempre estavam por cima, pois constantemente o abria para ver e se recordar. Deixe no fundo, pense mais no presente e crie expectativas para um futuro melhor se algo lá trás não deu certo, não se feche, não deixe com que lembranças te impeçam de sonhar e expandir seus horizontes, não existe só uma chance para ser feliz, aproveite o hoje e se libere do passado para então começar uma nova vida: Feliz!

Indicação: para quem gosta de ler sobre relacionamentos para aprender a se relacionar da melhor forma e talvez superar algum relacionamento lendo livros que abordem esse tipo de conteúdo, de pessoas que também passaram por isso e hoje conseguem se relacionar bem indico um livro, clique aqui para adquirir, com toda certeza vai te ajudar também! 

Recomendo a leitura do post anterior do #Junhotododia:


Compartilhe com quem você gosta!
Com carinho, Lari.

  • Share:

Você pode gostar também

0 comentários