A vida está passando, depressa...

By Larissa Bueno - outubro 30, 2021




Faz algum tempo que tenho refletido sobre como tudo tem passado tão depressa, como os dias estão sendo acelerados e percebo que muita coisa, em pouco tempo aparentemente, tem mudado e transformado a velocidade da luz. 

Uma das coisas que me veio a mente é que preciso conhecer mais crianças, o que graças a Deus tenho feito depois que me tornei professora das crianças na minha igreja local, sabe o motivo de precisar conhecer? É que percebi que as crianças que conhecia, que praticamente vi nascer, hoje estão enormes, ultrapassam a minha altura - embora não seja tão difícil isso acontecer. A questão é que tudo parece estar mudando e tenho a sensação que só eu tô percebendo essa mudança, nos mais novos do que eu principalmente, quanto a vida estar passando depressa sabe?

É confuso, faz a gente gastar mais o nosso cérebro para refletir sobre isso e que coisa melhor para nos fazer ficar na ativa não é verdade? Pensar sobre a vida. Algum tempo atrás escrevi um texto sobre a vida ser um sopro, embora escrevo com bastante frequência, esse post de certa forma marcou o meu coração e nunca esqueci daquela mensagem. De fato, a vida é como um sopro e passa depressa demais, quando paramos para perceber, já se passaram 5, 10, 15 anos e mesmo que tenham passado esses anos, embora mudanças aconteceram em nossas vidas, pelo menos para mim a sensação é que eu continuo sendo a mesma Larissa de sempre, mas olhando de fora parece que todo mundo mudou, chega ser engraçado.

O mais engraçado de tudo isso é perceber que quando éramos crianças não nos preocupávamos tanto com essas questões do tempo, tudo parecia ser uma eternidade, não é verdade? Penso comigo que talvez as pessoas que me conhecem desde criança ao me verem crescer também tiveram essa mesma sensação que estou tendo agora. 

Inclusive aconteceu algo comigo dias desses sobre isso. Quando estava chegando perto do meu casamento, uma pessoa que conheço há muito tempo, que é apenas alguns poucos anos mais velha do que eu chegou a comentar comigo "é, eu tô ficando velha mesmo, Larissa vai casar gente!" É algo como se o crescimento físico, natural, de uma pessoa no quesito idade, revelasse a nós mesmas a nossa própria idade e nos faz perceber que a vida pra gente também está passando. Isso é estranho, eu sei, mas é real.

Por exemplo, tenho uma prima que é cinco anos mais nova do que eu, e lembro perfeitamente da nossa infância juntas. Brincávamos ao mesmo tempo que brigávamos pelas barbies ao longo dos anos. Mas parece que só agora a ficha caiu de que ela cresceu, quando entrou no ensino médio, ultrapassou a minha altura e já esta se desenvolvendo profissionalmente. Paro e penso "Puxa, a vida está passando mesmo depressa, parece que foi ontem que..." tantas coisas aconteceram que nos fizeram perder a noção do tempo, de como o relógio não para, e de que todos nós estamos envelhecendo de certa forma a cada dia de vida que se passa.

Sinceramente não sei se esse texto fez fazer um sentido (eu espero que sim), a ideia surgiu enquanto voltava para casa hoje a tarde depois de uma caminhada com o Isma, e prontamente anotei no meu celular com o intuito de desenvolver esse texto assim que chegasse em casa. Se esse texto te fazer refletir, tenho certeza que não escrevi em vão mesmo que as palavras junto as frases pareçam perdidas umas das outras. Eu realmente queria desabafar sobre esse assunto que muitas vezes tem me assustado, sobre perceber como nós crescemos a cada dia que passa, e porquê guardar só para mim? Espero que não seja a única que esteja passando por esse momento de reflexão sobre a vida.

Me deixe saber nos comentários, se vocês também ficam refletindo sobre isso ou se já refletiu e como lidou com tudo isso. Vou amar, de coração, a interação de vocês aqui nos comentários.

Foto do post: @ismaelkefferph

Compartilhe com quem você gosta,
Com carinho, Lari.

  • Share:

Você pode gostar também

0 comentários