Use o que você tem nas suas mãos

By Larissa Bueno - agosto 24, 2020


Você já deixou de fazer algo por achar que não tinha as ferramentas certas para realizar isso? É, eu também, por muito tempo acreditei que para fazer algo relevante e colocar em plano os sonhos que eu sonhava realizar, precisava de ter ferramentas, aos meus olhos, especificas para aquilo, ferramentas essas que eu sequer tinha, o que me trazia grande frustração dentro de mim por ver que eu nem tão cedo iria conseguir fazer algo até que eu alcançasse o essencial. Quando na verdade tudo o que nós precisamos para realizar qualquer coisa, sim qualquer coisa, desde as pequenas até as maiores ao nosso ver, já está nas nossas mãos.

Aprendi isso na marra e posso dizer que não foi fácil convencer a minha mente a acreditar nisso, porque a sociedade impõe algo sobre nós que se não for acontecer desse jeito, parece que não tem outro jeito para acontecer sabe? E na verdade não é assim. Posso compartilhar algo? Em 2015 eu criei um canal no youtube, não tinha câmera, nem muito menos sabia sobre o que eu iria falar mas mesmo assim comecei, embora ia excluindo alguns videos conforme o tempo ia passando. E 5 anos depois me encontro fazendo a mesma coisa, gravando videos para o youtube e eu percebo o quanto evoluí ao longo desses anos, mesmo não tendo ainda uma câmera, microfone e iluminação. Fiquei alguns meses, como algumas de vocês sabem sem redes sociais nesse ano e assim também com o canal, até que eu comecei a pensar em gravar de novo. 

Entretanto nas primeiras tentativas de gravação não deram certo. Sabe porque? Embora eu não tenha uma câmera profissional, eu sempre dei o meu melhor com o que eu tinha. Mas nesse momento eu queria usar até o que eu não tinha para ter uma qualidade melhor. Peguei emprestada com minha prima a Ring Light dela, para a iluminação ficar melhor e depois que a euforia de ter conseguido gravar acabou, eu olhei para o vídeo e não gostei do que vi. Não, não estava ruim, pelo contrário, estava bom demais, mas parecia ter perdido a essência porque foi algo forçado. Aquilo gerou em mim um incomodo tão grande e Deus usou essa situação para me ensinar sobre dar o melhor com o que nós temos agora. 

Me lembrei então de várias passagens e parábolas na Bíblia que falam sobre isso. E a que mais falou ao meu coração foi a parábola dos talentos. Você pode lê-la completo em Mateus 25: 14-30 mas resumidamente, um homem deu aos seus servos segundo as suas capacidades os talentos. " A um deu cinco talentos, a outro dois, e a outro um; a cada um de acordo com a sua capacidade..." e ao voltar de viagem viu que o que ganhou cinco, multiplicou e o devolveu o dobro, o que havia ganhado dois, devolveu quatro entretanto, aquele que havia ganhado um, ao invés de multiplicar guardou pois havia ficado com medo e lhe devolveu o que tinha dado. Aos outros o homem disse que como eles foram fieis no pouco, sobre o muito iria os colocar, mas quanto a esse ele o repreendeu e tirou dele o que tinha entregando ao que tinha dez.

Esse homem poderia ter pensado que aquilo que ele tinha nas mãos era pouco perto dos outros. Quando comparamos a nossa vida com a vida do outro tendemos a nos diminuir, menosprezar os pequenos começos, as pequenas vitórias e vivemos uma vida de insuficiência, pois estamos comparando com a grama do vizinho que parece mais verde. Mesmo o pouco que temos, sabemos que nas mãos de Deus se torna muito, se formos fieis no pouco, há uma promessa, ele nos colocará no muito, entretanto como temos usado o pouco que temos? Pode até parecer pequeno, parecer irrelevante mas tudo o que você precisa agora para fazer o que precisa fazer não está em uma loja, não está na casa do outro, não está no futuro, não, está nas suas mãos. E o que você faz? cava um buraco e esconde na terra? guarda dentro de você pois parece inútil e meramente pequeno? Não, não faça isso. Se não formos fieis no pouco, não vamos dar valor as coisas grandes que vierem até nós, se não aproveitarmos o inicio não vamos desfrutar da continuação, se não usarmos da melhor forma as ferramentas que nós temos, mesmo que não seja exatamente o que você imaginou ter, não seremos felizes. 

A felicidade não está em termos coisas, só iremos participar da alegria quando realmente usarmos aquilo que está nas nossas mãos da melhor forma possível. Podem existir diferentes maneiras de chegar ao seu objetivo, alguns podem ter herdado de berço, outros tiveram outras oportunidades, outros fizeram tal coisa mas você precisa olhar para o que você tem nas mãos e usufruir disso da melhor forma para chegar no seu objetivo. Pode ser mais árduo, mais difícil, mais trabalhoso, mais estressante, mas existirá uma certeza dentro de você que você estará fazendo o seu melhor, com as suas ferramentas, com o que está disponível para você e há esperança em crescer. As árvores crescem através de uma pequena semente, de cuidado diário, de regar, podar quando necessário e depois de um tempo alcançam a estatura que desde o inicio já se sabia que ela alcançaria, mas isso leva tempo. Portanto hoje, comece a usar o que você tem nas mãos, essa é a melhor chave.

Quero deixar como indicação um livro maravilhoso que pode te ajudar também nesse processo de identificar o que realmente importa e o que você deve fazer com aquilo que está em você que é o "Comece pelo porquê" você pode adquirir através desse link

Não deixe de me seguir no Pinterest, clicando aqui, onde compartilho várias coisas interessantes sobre desenvolvimento pessoal, organização, vida saudável, receitas e produtividade, como também se inscreva na Newsletter, logo aqui em baixo, no rodapé do blog para que você receba as notificações sempre que sair post novo aqui no blog e faça parte dos seguidores do blog se inscrevendo logo abaixo também. Me acompanhe também no instagram que é @larissabuenoc. Tem várias coisas legais por aqui aproveite para conferir navegando pela página, é muito bom ter você aqui com a gente.

Compartilhe com quem você gosta,
Com Carinho, Lari. 

  • Share:

Você pode gostar também

2 comentários

  1. Muito bom ler isso. Estou buscando cavar meus poços no deserto, olhando pra Cristo. Obrigada por compartilhar. Me edificou. Deus abençoe.

    ResponderExcluir