Translate

A coragem de ser quem você é

By Larissa Bueno - dezembro 09, 2021



Alguns anos atrás eu pensava que para eu ser quem eu realmente era, precisava parar de alisar o meu cabelo e assumir os cachos. Foi o que fiz, parei de alisar, passei pela transição capilar e fui cortando meu cabelo aos poucos até finalmente assumir o meu cabelo natural, como ele era. Mas um tempo depois entendi que na verdade não era só isso. Não era só sobre o meu cabelo. Não era só sobre deixar ele como era naturalmente. Coragem de ser quem você é vai muito, muito além disso.

Quem somos é um conjunto de coisas que foram agregadas em nós desde que nascemos. É a sua essência, aquilo que você carrega, o que acredita, o que gosta e deixa de gostar, suas motivações, enfim. Seria estranho demais relacionar quem você é apenas na aparência. Nós somos mais do que talvez visivelmente uma pessoa possa achar. Eu precisei voltar os cachos para entender que está tudo bem eu alisar meu cabelo se eu gosto assim, a Larissa não vai deixar de ser a Lari por causa do cabelo. Pois o que realmente importa é aquilo que você carrega dentro de você. O externo é só a expressão física de quem você é aí dentro.

É claro que se aceitar externamente é muito importante pois isso está mexendo com o nosso interior através dos pensamentos, comparações e tudo mais. Entretanto, ser quem você é e ter coragem para não se omitir é algo essencial. Pense comigo agora: qual é a sua essência? Quais coisas te influenciam? Quais são os seus medos? O que te deixa feliz? O que você gosta?

Você tem coragem de assumir essas coisas? Tem coragem de assumir a sua essência sem medo e receios?

Nós falamos tanto sobre o nosso externo, mas como disse aquilo que está dentro de nós reflete o que mostramos, o que deixamos de gostar e as coisas que não aceitamos em nós mesmas. Não existe só o padrão de beleza que a sociedade impõe. Existe também o padrão de pensamentos, intelectos, gostos, e tantas outras coisas que chega até se absurdo. Imagine um mundo cheio de cópias, imagine várias pessoas parecidíssimas com você. É o que o mundo está tentando fazer.

De forma sutil, mas tem feito e não é de agora. 

E se você não entra nesse "padrão" que todo mundo está vivendo: indo aos mesmos cafés, lendo os mesmos livros, falando sobre os mesmos assuntos, fazendo as mesmas graduações, usando o mesmo celular, comprando nas mesmas lojas, seguindo as mesmas pessoas, o problema está em você, é o que dizem.

....

Pessoas diariamente estão nos influenciando a fazer coisas que elas fazem, e cada dia nos tornamos mais parecidas com elas e MENOS com a gente mesmo. Entende onde quero chegar com esse texto? Não estou falando para deixarmos de ouvir o que essas pessoas estão dizendo mas quero incentivar você a não negligenciar a sua essência diante de tantas coisas.

É sobre assumir a sua postura como fulana de tal e ter coragem de ser quem você é. Sem medos, sem vergonha, sem se diminuir ou se sentir inferior porque você gosta de livros de romance e o mundo hoje diz que você precisa ler livros de finanças e como ficar milionária até os 30 anos de idade. Não é sobre isso. É sobre você assumir, com coragem e convicção de que você foi feita por um propósito e entender que não é porque todo mundo tá fazendo que você vai entrar nessa mesma onda. As nossas mães sempre disseram que nós não somos todo mundo, lembra disso?

Quantas pessoas se adequam para entrar em relacionamentos, que sinceramente não vemos futuro nenhum porque existe uma omissão de quem você realmente é por conta de estar com alguém. Uma pessoa que te ama, vai estar com você porque de você sabe? Mesmo que não pensem igual, essa pessoa vai admirar quem você é em essência. Esconder quem você é só vai te fazer mal.

Não tenha medo de ser você, lembra que ninguém é igual a ti e isso merece um reconhecimento de verdade, com coragem e ousadia de ser a única versão de si mesma.

Me acompanhe também no IG clicando aqui

Compartilhe com quem você gosta!
Com carinho, Lari.

  • Share:

Você pode gostar também

0 comentários