As vezes é preciso pisar no freio

By Larissa Bueno - janeiro 20, 2020


É normal que chegamos a uma velocidade máxima enquanto somos os pilotos. Mas bem sabemos que se continuarmos acelerando, sem reduzir alguma hora, muitas coisas ruins irão acontecer, como por exemplo receber multas por excesso de velocidade, bater na traseira de algum carro e não só isso como também pode resultar em danos mais graves na pessoa que foi atingida e principalmente em você.


Porque a imagem de um gato dormindo? Pra te lembrar que até os felinos sabem o momento de parar, desacelerar e descansar, porque nós precisamos ser diferentes?


Nós temos a tendência de querer fazer tudo muito rápido e fazer muitas coisas ao mesmo tempo. Quantas vezes colocamos um arroz no fogo, lavamos a louça enquanto isso e colocamos um suco pra bater no liquidificador e ainda falamos ao telefone no mesmo milésimo de segundo. Até cansei só de imaginar viver isso o tempo todo. Por mais que parece bom, afinal, na sua cabeça está sendo uma pessoa produtiva - para saber mais sobre produtividade clique aqui -  na verdade isso é péssimo pois você nunca consegue viver um momento de forma plena, devido a necessidade de ao mesmo tempo fazer tantas coisas.  O que evidencia que você precisa desacelerar é estar sempre com pressa. Li uma frase sobre isso que dizia mais ou menos assim: Se você esta vivendo com pressa, na verdade está sobrevivendo e não vivendo realmente. 


Viver com o pé no acelerador já virou uma rotina e acabamos nos acostumando com a pressa e a correria do dia a dia e até mesmo gostamos da sensação de fazer o dia render. Achamos que é o suficiente chegar em casa, comer alguma coisa e dormir 8h por dia, ou quem sabe menos, o importante afinal é descansar um pouco,não é? E fazer isso todos os dias seguidos durante os 365 dias no ano. A principio surge uma dorzinha de cabeça aqui, outra ali, até que uma cartela de remédios começa a não ser mais suficiente, o prazer em fazer as coisas que gosta começa a diminuir, as olheiras aumentam conforme os dias passam, a sua cama começa a não ser tão confortável pra você como era antes, e o problema? Está na cama claro. Então parcelamos um colchão novo em 300x no cartão, nos primeiros dias parece uma nuvem de tão macio, depois volta tudo de novo, e você ainda insiste em colocar a culpa nas coisas ao seu redor sem se preocupar com o que deveria realmente: Você.


Se ninguém nunca te disse isso, deixa a Lari te dizer: Desacelerar faz bem.


Quando eu finalmente consegui marcar a minha Anac, me encontrei numa necessidade de fazer muito em menos tempo, embora a prova seria em um mês, comecei no nível hard quanto a quantidade de simulados que iria fazer por dia. A minha mente me controlava, eu precisava passar, então mesmo que eu estava cansada fisicamente, só saia de frente ao notebook quando tinha batido a meta do dia. A cabeça doía ao ponto que tomar remédio não resolvia, as vistas ficavam sempre embaçadas, o que me atrapalhou digirir alguns dias e a culpa era do meu óculos que estava precisando trocar. Faltando duas semanas para a prova, comecei a sentir uma dor no peito que segundo a matéria mesmo da minha prova sobre emergências queria dizer uma angina de peito, que é uma dor causada pela redução do fluxo sanguineo para o coração, que persistiu por dias, até que eu resolvi parar de estudar daquele jeito, fazendo 50 simulados por dia ou até mais. Precisei descansar por quatro dias seguidos antes da prova sem fazer um só simulado para estabilizar minha saúde.


O nosso corpo reage a medida que agimos. O estresse, as dores de cabeça estridentes, tensão no pescoço, dores nas costas, tremor das pálpebras e outros sintomas são simplesmente reações que o corpo faz para nós  percebermos que precisamos desacelerar, que as vezes é preciso pisar no freio para que o corpo continue bem.  Tudo tem o seu tempo determinado (Eclesiastes 3:1)  e o caminho é preciso ser admirado e bem aproveitado. Eu sei que com a correria do nosso dia e o tanto de coisas que precisamos fazer é difícil conseguir desacelerar sempre, mas o que geralmente nos faz andar sempre correndo é que não sabemos administrar o nosso tempo, pois falta também a  organização, você pode ler um post que escrevi sobre organização pessoal clicando aqui, que vai te ajudar a se organizar melhor e ser mais flexível.


Não perca o brilho da vida por estar sempre correndo e acelerando. Reduz um pouco a velocidade e admire a vista ao seu redor.  Faça as coisas que você ama, se mime um pouco, tire um dia para não fazer absolutamente nada, coloque as pernas pra cima, leia um bom livro, ou escute uma musica boa, assista um filme, converse com seus amigos, saia pra comer ou quem sabe cozinhe algo que gosta muito. O seu corpo merece e você também 


"Desacelerar é preciso. 
A vida não é uma corrida."


Compartilhe com quem você gosta!! 
Com Carinho, Lari.

  • Share:

Você pode gostar também

0 comentários